Massagem e Reiki nos animais - Revista Bons Fluidos

04/03/2017

"A massagem no animal pode ser aquela quebra agradável na rotina para o dono reduzir o ritmo, respirar e acalmar, como a meditação é para alguns".

materia-reiki-massagem-revista-bons-fluidos.png
Massagens, reiki ou mesmo um carinho sem muita técnica deixam os animais relaxados e os donos com uma sensação de bem-estar geral, já que o contato com o pet estimula a liberação de serotonina, substância associada ao prazer, e reduz a pressão arterial.
 
Quando rotineira, essa terapia corporal mútua estreita ainda mais os laços entre o dono e o animal. Sem contar que ajuda a cuidar da saúde de cães e gatos, baixando a agressividade e a ansiedade entre os mais agitados. No caso de animais idosos, então, o cuidado diário chega a melhorar - e muito - a qualidade de vida. O toque favorece a circulação sanguínea e a diminuição das dores em articulações e na musculatura.
 
Os movimentos podem ser simples. Na dúvida, o mais importante é que o peludo esteja confortável. Segundo especialistas, a dica é começar investigando os pontos em que o animal mais gosta de receber afagos, como orelhas, cabeça, focinho ou barriga. Quando relaxado, ele pode ser deitado de lado enquanto são feitos movimentos mais amplos, explorando patas e a linha da coluna - sempre respeitando a tolerância do amigo e sem pressionar os ossos. 
 
Quatro minutos de massagem para um cachorro e dois para um gato são mais que suficientes, de acordo com Liz Palika, consultora de comportamento animal e autora de vários livros sobre essa temática nos Estados Unidos. Ela mesma conta que faz massagem no seu cão de 11 anos, em gratidão por todo o bem que ele já fez a outras pessoas. Durante muito tempo, o dog, um pastor australiano, foi voluntário de um projeto que consistia em fazer visitas aos doentes de um hospital. Agora nada mais justo que retribuir e aliviar a dor que ele sente nos ombros por causa de uma artrose.
 
Para Luciana Tiemi, terapeuta holística, é com o tratamento energético do reiki que ela cuida de animais semanalmente. Ela aplica a técnica de imposição das mãos em uma ONG especializada em gatos e também nos animais que têm em casa. "É extremamente gratificante trabalhar com eles. São muito sensíveis e têm formas impressionantes de agradecer pelo cuidado que temos", conta. Sem riscos e indolor, o reiki equilibra os chacras e ajuda a minimizar o estresse de animais resgatados. "Eles sempre se aproximam do terapeuta quando sabem que está iniciando uma sessão", diz. 
 
Animais felizes promovem uma satisfação especial nas pessoas - e, ao retribuir com carinho, temos a capacidade de curá-los também. Mais do que se preocupar com a exatidão dos movimentos, é importante valorizar a qualidade da relação. "Eu faço massagem no meu cachorro quando ele está comigo no sofá. Não como uma profissional, mas como parceira dele", conta a terapeuta corporal Kika Lourenço. "É um gesto natural, de amor, e eles retribuem", conta ela.

 

 

*Textos e imagem da Revista Bons Fluidos - out/2015

Deixe seu comentário: